26.3.09

Te acho


Eu sempre te acho. Não tem jeito, eu sempre te acho.Te acho porque não te procuro.Me faço em silêncio. Treino enxergar no escuro. Me faço de morto. Me ajeito, insône e inerte. E te acho. Mudas a forma, a marca, os saltos, os cabelos. Mudas de mundo. Mesmo assim te vejo e te acho. Eu sempre te acho.

Nenhum comentário: