11.9.08

Mr. Blue



"Perseverei porque tinha consciência de que a escrita 
era a minha única chance de criar algo, de escalar as 
paredes do poço escuro, alcançar o sonho e repousar ao sol. 

E, tendo lido até aqui, você deve ter percebido que a 
perseverança é um traço fundamental da minha natureza. 
Levanto-me de cada golpe tantas vezes quantas meu 
corpo obedecer à minha vontade. Ganhei muitas lutas 
porque não desisti, e também levei algumas porradas 
memoráveis por não saber quando desistir"

Do livro Educação de um bandido, que, não sei como arranjei tempo, 
acabei de ler.
Edward Bunker dedicou a seu filho
Brendan, com Jennifer Steele - sua esposa 22 anos.
Bunker nasceu em Hollywood, em 1933. Aos quatro já praticara 
seu primeiro crime. Bunker passou  dezoito anos de seus 71, 
divididos em três períodos, dentro de uma cadeia. 
Tinha dezessete  quando foi para San Quentin pela 
primeira vez. O prisioneiro mais jovem a ser 
enviado para lá. Saiu da prisão definitivamente 
em 1975.  Além de sua obra literária - os melhores foram escritos 
na cadeia - Bunker também fez 
diversos trabalhos para o cinema, como roteirista e ator. 
Foi o Mr. Blue, em Cães de Aluguel, de 1992, o melhor de de 
Quentin Tarantino. 
Eddie Bunker morreu num 19 de julho de 2005, na Califórnia.

Nenhum comentário: