18.9.08

Don Pablito sabia


“Para meu coração basta teu peito; 
para tua liberdade bastam minhas asas." 
(Pablo Neruda)

Nenhum comentário: