27.7.08

Voar


Certa noite, não faz muito
tempo
eu sonhei que
podia voar.
quero dizer, só mexendo
os braços e as pernas
eu podia flanar pelos
ares
e voava.
Havia todas aquelas pessoas
no chão,
elas erguiam os
braços e tentavam me puxar
para baixo
eles não conseguiam

senti me como se
mijasse neles.
Eles eram tão
invejosos

tudo que precisava fazer era
treinar do seu modo
até chegar lá
como eu tinha
feito.

Tais pessoas acham
que o sucesso dá em
arvores.

Você e eu,
nós sabemos
mais.

Bukowski

Nenhum comentário: