28.6.08

Rato, porque motivo tu roeste meu sapato

Você é um homem, ou um rato?
Soa ou não soa antigo?
Porque cada vez mais
ratos?
Rastejam quando andam, ou
andam como rastejam?

Ratos perambulam pelo mais
inacessível esgoto, brecha, fenda,
espaço do teu espaço.
Escavucam sem parcimônia as entranhas
do cadáver.
Se alimentam de seus segredos.

Daquele ao próximo.

E assim caminha a humanidade.
Cada vez mais antigo o
você é um homem ou rato?

Ou você não passa de um velho ditado?

Ou você não passa de um velho rato?

O rato que desconhece o ditado.

Rato rói, escavuca.
Daquele ao próximo.

Ratos. Cada vez mais antigo o velho ditado.



Nenhum comentário: